Exames que seu filho não pode deixar de fazer

Se você se preocupa com a saúde, existem exames que seu filho não pode deixar de fazer e o mais indicado é fazer um plano de saúde específico para crianças. Existem uma série de exames e procedimentos médicos indispensáveis durante a infância, muitos deles com cobertura garantida pelos planos de saúde.

Separamos um artigo completo sobre os exames que seu filho não pode deixar de fazer. Alguns deles são obrigatórios, de acordo com a legislação brasileira, sendo dever dos pais garantir que os filhos passem por esses exames.

São exames para crianças, que tem por finalidade a prevenção e identificação de possíveis problemas. Caso o seu filhinho esteja doente ou precise de atenção especial, muito melhor saber isso o quanto antes, não é mesmo?

Caso os resultados sejam todos negativos, você pode respirar muito mais aliviado. Vale destacar que nem todos os planos de saúde cobrem a lista completa de exames para crianças. É preciso ficar de olho.

Testes básicos

No passado, era grande o número de crianças que sofriam com o diagnóstico tardio de doenças, que poderiam ser facilmente tratadas nos primeiros meses de vida. Pensando nisso, alguns testes foram criados. São exames simples, que permitem avaliar a saúde do seu filho.

Esses testes possuem cobertura pelo plano de saúde, por serem exames que seu filho não pode deixar de fazer. Todos eles são oferecidos de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde, mas apenas a versão básica.

Quem deseja um resultado mais completo deve recorrer a clínicas particulares ou contratar um plano de saúde para crianças. Seja como for, é fundamental realizar todos os testes. São todos muito rápidos e permitem identificar uma série de doenças.

Aqui vamos falar dos principais testes diagnósticos para crianças.

Teste do pezinho

Esse é provavelmente o exame mais conhecido entre mamães e papais. Trata-se de um procedimento bem simples, que envolve a retirada de uma pequena quantidade de sangue diretamente do pé da criança. Serve para identificar uma lista enorme de doenças.

Desde a sua criação, o teste do pezinho tem ajudado milhares de famílias. Os problemas de saúde identificados podem ser tratados ainda na infância, garantindo melhores resultados.

O teste do pezinho está na lista de exames que seu filho não pode deixar de fazer. Entre os problemas que podem ser diagnosticados está a anemia, a propensão a desenvolver transtornos mentais, doenças relacionadas ao sangue e hipotireoidismo.

Esse teste deve ser feito logo nas primeiras semanas de vida do seu filhinho. Muitas vezes o bebê passa por esse procedimento antes mesmo de ir para casa pela primeira vez com os pais.

Teste do olhinho

Assim como o teste do pezinho, outro exame para crianças é o teste do reflexo vermelho, conhecido popularmente como teste do olhinho. Serve para identificar a presença de tumores malignos dentro do olho da criança.

Além disso, através do exame é possível identificar outras complicações, como a catarata, o glaucoma e outros problemas que possam afetar a visão do seu filho.

No passado era comum que os pais não se dessem conta de problemas na visão dos filhos. Muitas vezes o diagnóstico só era realizado depois de anos, comprometendo as chances de tratamento e de cura.

Para que tenha bons resultados, o teste do olhinho deve ser realizado nas primeiras 48h de nascimento da criança. Por ser um exame bem simples, leva alguns minutos.

Teste da orelhinha

Na lista de exames obrigatórios para crianças está o teste da orelhinha. Esse serve para diagnosticar possíveis complicações envolvendo o sistema auditivo do recém-nascido.

A grande diferença é que pode ser realizado com prazo mais longo, de até três meses após o nascimento. No entanto, os pais devem ficar atentos para não se esquecer de levar a criança, tendo em vista a importância do exame.

O procedimento é rápido, realizado por um fonoaudiólogo, que utiliza um fone específico para captar a reação do bebê e identificar a qualidade do sistema auditivo, com base nas reações.

Caso o bebê consiga captar bem todos os sons, dando respostas a eles, o teste é bem-sucedido e a criança é considerada saudável.

Exame oftalmológico

Apesar do teste do olhinho ser capaz de diagnosticar uma série de problemas de saúde, os pais devem levar os filhos pequenos ao oftalmologista com frequência.

Existem várias doenças que podem surgir ao longo do tempo, motivo pelo qual a atenção deve ser plena e continuada. Ao nascer, a criança não possui o seu sistema biológico completamente desenvolvido, estando mais susceptível a doenças.

Problemas como a miopia e o astigmatismo podem aparecer logo nos primeiros meses ou anos de vida. Para essas complicações, as melhores soluções são aplicação de colírios específicos e corretivos, como lentes.

São problemas que não podem ser verificados sem o auxílio de um profissional da saúde, tendo em vista que a criança não consegue se manifestar, nem contar aos pais sobre a dificuldade de enxergar.

Com base nos resultados obtidos, o médico especialista fornecerá aos pais as melhores alternativas para cuidar da saúde do pequeno. A boa notícia é que muitos problemas relacionados a visão podem ser curados quando descobertos ainda na infância.

Muitos planos de saúde oferecem, nas coberturas básicas, o atendimento com médico oftalmologista, garantindo comodidade e conforto para os pais.Exames que seu filho não pode deixar de fazer

Radiografia panorâmica da coluna vertebral

Não se assuste com esse nome grande e nem um pouco bonito. Trata-se de um procedimento que permite identificar a escoliose ou a tendência para desenvolvê-la.

A indicação médica é que o exame seja feito na criança de ano em ano. Agora, se o seu filho estiver se queixando de dores na coluna, o procedimento deve ser realizado de forma imediata.

Diferente dos testes que mencionamos acima, esse exame para crianças pode ser feito a partir de qualquer idade. No entanto, sugere-se que o primeiro seja feito a partir dos cinco anos.

Hemograma completo

O teste do pezinho permite verificar uma série de doenças no sangue e no corpo de modo geral. No entanto, com o passar dos meses e anos, a criança pode desenvolver complicações que não estavam presentes quando do nascimento.

Por exemplo, dependendo da alimentação, o seu filho pode desenvolver anemia, carecendo de vitaminas e minerais. Por isso é importante realizar um hemograma completo com frequência.

O sangue da criança é coletado diretamente na clínica. É bem rapidinho e não causa nenhum grande desconforto à criança. Os planos de saúde para crianças cobrem esse tipo de procedimento, com o período de carência reduzido.

Exame de fezes e urina

Será que os cuidados tomados com a higiene do seu filho estão sendo o suficiente? Muitas vezes a criança caminha pela casa, come alimentos sem lavar, coloca objetos na boca e outras travessuras típicas de crianças.

E pode ser que acabe se contaminando, seja com vírus, bactérias ou outros organismos vivos, como as verminoses. O exame de fezes e urina é de natureza preventiva. Visa identificar possíveis problemas, tais como a infecção urinária e parasitas no organismo.

Eletroforese de lipoproteínas

O nome complexo desse exame não deve assustar. Trata-se de um procedimento que permite avaliar o nível de colesterol no organismo. A alimentação desequilibrada pode acabar por gerar um acúmulo dos níveis desse nutriente, prejudicando a saúde das crianças.

O intervalo para a realização do exame é de ano em ano. No entanto, caso os pais notem uma mudança no metabolismo da criança, como o ganho de peso, esse intervalo pode ser reduzido para de seis em seis meses.

Ureia e creatina

Um dos exames que seu filho não pode deixar de fazer é o de ureia e creatina. Trata-se de um procedimento padrão inclusive para adultos, mas que muitos acabam deixando para depois.

Essas substâncias permitem identificar o nível de funcionamento dos rins. Dependendo da quantidade de ureia e creatina encontrada, outros exames podem ser solicitados pelo médico, de forma complementar.

Perfil lipídico06

O último exame da nossa lista de procedimentos médicos específicos para crianças é o perfil lipídico. Trata-se de um procedimento que permite identificar o nível de colesterol no corpo como um todo.

Dessa forma é possível saber, por exemplo, se o seu filho está passando por um quadro de diabetes. Logo nos primeiros anos de vida, uma dieta adequada pode contribuir para a reversão de problemas metabólicos. Daí a importância de submeter a criança ao exame e permitir o diagnóstico precoce.

Exames essenciais: um plano de saúde pode ajudar

Como você pode ver, é grande a lista de exames para crianças. Contar com um plano de saúde pode ser muito útil, permitindo a realização rápida desses procedimentos.

Os planos de saúde para crianças, além de coberturas básicas, oferecem uma série de coberturas complementares. Ofereça ao seu filho toda a atenção necessária desde os primeiros dias de vida. A saúde é um dos nossos bens mais preciosos.

E se você ainda não tem e precisa de um plano de saúde, fale com nossa equipe agora mesmo e receba cotações sem compromisso.

Adicionar comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *